Dia fácil… 17/05

DSCF6556

Koblenz – Sétimo dia

Ás 10h30 do dia 17/08 do quarto 59 do Hotel Continental-Hanz, despertava os quatro violonistas. Tínhamos acabado de perder o café da manhã do hotel. O céu estava coberto de nuvens, as ruas de Koblenz estavam mais vazias que o comum. Da janela do quarto 59 podia ver a garoa que aos poucos se intensificava.

Hoje era o dia que marcamos de ver os pontos turísticos da cidade e aproveitar a beleza de seus monumentos para tirar fotos com o DSCF6558violão. Um bom dia! Mesmo com a chuva saímos com a sombrinha e violão nas mãos. Por mais que pareça burrice, não me surpreende que o grupo tenha feito um plano e cumprido. Independente do que parecia ser um  obstáculo, afinal, desde sempre tem sido assim com a gente.

Foi uma longa caminhada, talvez  caminho não fosse tão árduo se não estivéssemos com os violões, na garoa, com a temperatura de 11º graus, em plena 13h00. De forma a por em prova, mais uma vez, a relação do grupo, um de nós esqueceu de comprar uma sombrinha, e nos deixou debaixo de uma árvore, na chuva, esperando que ele fosse comprar uma sombrinha, mas rapidamente, 50 minutos, ele estava de volta e voltamos para nossa jornada. Mas pouco a pouco os aspectos de um dia feio se transfigurava em virtude. O monumento era lindo e a chuva espantou os turistas que enchem o local. A chuva pode ter esvaziado o local, porém encheu o rio Reno e Mosel, o que só realçou o movimento das águas que caminhavam em direção à confluência dos rios. (Diga-se de passagem que Koblenz quer dizer confluência de rios.)

Dentro do Deutsches Eck podia escutar o chorinho rolando, foi tirar o violão do case para as fotos e começou o “som”.

DSCF6624Eu percebi algo diferente no grupo. Uma semana de convivência intensa acabou criando uma amizade intensa. Estávamos a pensar a mesma coisa, compartilhamos pensamentos sem a necessidade de verbaliza-los ou musicá-los. Eu chamaria isto de “uma experiência única”.

 Olhando o Reno em confluência com Mosel vejo que é isto: recebemos esta experiência e seguiremos como Reno segue seu fluxo levando consigo as águas do rio Mosel.

???????????????????????????????

Koblenz

Advertisements

4 thoughts on “Dia fácil… 17/05

  1. Confluências musicais, encontro das águas, nossa musica navegando pelo mundo e vocês, nunca mais serão os mesmos! Ainda bem! Cada vez melhor!

  2. Seguir o curso dos rios é uma lei natural, que sempre deságua de maneira tranquila e bonita. Porem para que este curso se encontre em perfeita harmonia tem que passar por pedras , morros, galhos e outras obstáculos. No entanto esta força para ultrapassar-los, faz com que as águas cresçam, juntem-se e transponham, para que possam seguir seu curso natural. Esse são vocês assim como as águas estão se fortalecendo para cumprir com determinação o objetivo da arte.

  3. Maravilhoso, meninos e papai e mamãe queridos de um dos meninos. Complementando… não apressar o rio é seguir e contorná-lo sempre tranquilamente. Na nossa profissão quanto menos falarmos mais a gente escuta e produz o som da alma. Parabéns pelas conquistas e um beijão a todos, meu e do Geraldo. Retribua ao Pavel querido (o Geraldo está dizendo aqui que “grande maestro é ele com toda sua arte”…) nosso abraço a ele e a você por suas palavras carinhosas

  4. “Eu não ando só
    Só ando em boa companhia
    Com meu violão
    Minha canção e a poesia” – Vinicius de Moraes (ele é o cara! rs)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s